¨ SEJAM BEM VINDOS ¨

AO BLOG DE BOA VIAGEM

"
A CIDADE DO AMOR "

segunda-feira, 15 de março de 2010

Aparelho permite a cego 'enxergar com a língua' :

Foto: BBC
Pequenos choques formam 'imagem' sobre a língua 
Foto: BBC
Equipamento funciona melhor com pessoas que já tiveram a visão normal antes 

Equipamento está sendo testado nos EUA por ex-soldado britânico ferido no Iraque.


Um equipamento pioneiro, desenvolvido nos Estados Unidos, promete ajudar pessoas cegas a ler com a língua.

O aparelho consiste em uma câmera acoplada a óculos especiais, que manda sinais de luz para uma placa de eletrodos introduzida na boca. Essa placa dá pequenos choques formando uma "imagem" sobre a língua.

Segundo os cientistas da Universidade de Pittsburgh, o equipamento funciona melhor com pessoas que já tiveram a visão normal antes. Por isso, um dos primeiros voluntários é um ex-soldado britânico que ficou cego após um ataque no Iraque.

O novo aparelho poderá custar mais de US$ 15 mil.

F - G1 :

Chanceler de Israel boicota discurso de Lula, diz jornal :

Foto: AFP 
 Jornal local afirmou que se tratou de boicote após quebra de protoloco.
Porta-voz do chanceler Avigdor Lieberman não confirmou a informação.

O ministro de Relações Exteriores de Israel, Avigdor Lieberman, não foi assistir ao discurso do presidente Luiz Inácio Lula no Parlamento de Israel nesta segunda-feira (15).

Segundo o site do jornal "Yediot Ahronot", a ausência foi um boicote pelo fato de lula ter se negado a visitar o túmulo de Theodor Herlz, fundador do sionismo. O chanceler teria considerado isso uma "grave quebra de procoloto".

O porta-voz de Lieberman, Tzahi Moshe, confirmou à agência EFE que o ministro não foi ouvir Lula, mas recusou-se a dizer se se tratou de um boicote.

O ministro de Relações Exteriores de Israel, Avigdor Lieberman, durante reunião do gabinete neste domingo (14).


F - G1 :

Policiais são assaltados em Fortaleza e inspetor sofre atentado em Itaitinga :

 
Ex-policial foi morto em casa

Num intervalo de tempo menor que 24h, policiais sofreram com a violência que os mesmos combatem. Em Fortaleza, um assalto causou danos materiais a dois deles, em Itaitinga, um inspetor contou com a sorte para não ser baleado.

Ainda na capital, um ex-policial com a ficha policial suja foi encontrado morto.
Assalto
Dois sub-tenentes, um da Polícia Militar e outro do Corpo de Bombeiros, foram vítimas de assalto, na manhã desta segunda-feira, em um sinal da avenida Leste-Oeste, próximo ao antigo kartódromo, no bairro Moura Brasil.
Os policiais saíam do serviço, quando foram abordados pelos assaltantes que levaram celulares, carteiras e documentos.
Itaitinga
Na noite deste domingo, um inspetor da Polícia Civil foi vítima de um atentado, no município de Itaitinga.
O policial foi abordado por um homem, que chegou a efetuar um disparo, mas a arma falhou. O acusado fugiu, foi perseguido e abandonou a arma, que foi apreendida.
O criminoso seria um vendedor de drogas, que estaria agindo a mando de um traficante que havia sido preso pelo policial.
Ex-policial
O ex-policial militar Allan Kardec Pareira de Sousa foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, dentro de casa, no conjunto Vila Velha.

Apesar da carreira policial, ele respondia a processos por vários crimes, como roubo. A possibilidade de latrocínio foi descartada, pois nenhum objeto de valor e nem a arma do ex-policial foram levados.

F - DN :

CHARGE :

Charge

Acesso ao Piauí ficará mais rápido a partir de sábado :

 http://farm3.static.flickr.com/2566/4016602384_fa26fd6ae1.jpg
http://1.bp.blogspot.com/_4vSexq-6fj0/Sx6xGwkBmII/AAAAAAAAD40/ZLAzu8qcLNY/s400/DSC07675.JPG

O deputado estadual Gony Arruda (PSDB) anuncia: o governador Cid Gomes vai inagurar, na próxima sexta-feira, a estrada Granja-Jijoca. O ato ocorrerá no próximo sábado. A obra facilitará o acesso para esses municípios e reforçar o aspecto turistico da região.
“Creio que é, talvez, o maior acontecimento em se tratndo de turismo. Quem fofr par o Piauí,não preicará ir só pela BR-222.  Essa opção não cruza serra e se torna mais rápida e sem riscos”, destac Gony Arruda. “Isso diminuirá cerca de 40 minutos a ida de Fortaleza para Granja”, adiantou o parlamentar.

F - NKL :

Comunista quer estaleiro no Titanzinho :

chicolopes

O deputado federal Chico Lopes (PCdoB) reafirmou, nesta segunda-feira, para o Blog ser a favor da construção do estaleiro Promar na praia do Titanzinho. “Não tem esse negócio de impacto. O importante é emprego. O estaleiro opera na beira do mar e o produto final, o navio, sai pelo mar”, justifica o parlamentar, considerando um absurdo tanta polêmica em torno de um empreendimento “importante” para o desenvolvimento de Fortaleza.
Chico Lopes disse esperar que o bom senso prevaleça na relação entre o governador Cid Gomes (PSB),  que quer o estaleiro no Titanzinho, e a prefeita Luizianne Lins (PT), contrária ao projeto nessa área da cidade, alegando impactos ambientais.

F - Eliomar :

Ministro César Asfor receberá título de Cidadão Paulistano :

cesarasfor

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro César Asfor Rocha, receberá, às 18 horas desta segunda-feira, o título de Cidadão Paulistano. A honraria será concedida pela Câmara Municipal de São Paulo, que receberá comitiva de convidados de Brasília e do Ceará.
César Asfor Rocha, cearense, ganhará abraços de empresários como Thales de Sá Cavalcante (Rede FB), do presidente do Conselho Estaduadl do Desenvolvimento Econõmico (Cede), Ivan Bezerra.

F - NKL :

Justiça Militar inicia processo contra controladores de voo em Brasília :

 
 
Militares denunciados por terem paralisado os serviços de controle do tráfego aéreo em março de 2007 começam a ser interrogados.

A Justiça Militar iniciou nesta semana o processo contra 51 controladores de tráfego aéreo que, há três anos, participaram de uma paralisação levando ao caos aeroportos em todo o país. Insatisfeitos com as condições de trabalho, controladores de tráfego aéreo se recusaram a monitorar os aviões que cruzavam os céus do Brasil. No dia 30 de março de 2007, milhares de usuários de transporte aéreo se acotovelavam nos aeroportos sem poder embarcar nos voos. A suspensão de decolagens causou prejuízos incalculáveis a passageiros, companhias aéreas e à imagem do governo, que não soube administrar uma crise deflagrada por militares da Aeronáutica.

Denunciados pelo Ministério Público Militar (MPM) por prática de motim e por deixar de prestar o serviço de controle aéreo, prerrogativa exclusiva do governo federal, os militares começaram a ser interrogados e a se defender. O objetivo final dos controladores envolvidos é tentar se livrar da expulsão da Aeronáutica e de penas de prisão que podem variar entre dois e oito anos. O início do processo é uma boa oportunidade para a população saber o que de fato ocorreu nos meses que antecederam a crise e o governo tomar providências para que o “apagão aéreo” não volte a atrapalhar a vida dos cidadãos. O crescente tráfego aéreo e a realização de eventos esportivos de porte mundial, como a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016, reforçam a preocupação.

Indícios da crise que seria observada no primeiro semestre de 2007 foram notados logo após o acidente do Boeing da Gol com o Legacy em setembro de 2006, no qual 154 pessoas morreram. Sob a suspeita de terem responsabilidade na colisão aérea, controladores passaram a se queixar de uma jornada de trabalho supostamente extenuante e do sucateamento de equipamentos utilizados no monitoramento das aeronaves. Como forma de protesto, nos feriados de 12 de outubro e 2 de novembro, controladores aéreos aumentaram o espaçamento entre os voos e provocaram atrasos e filas nos aeroportos. Em março, pouco antes da paralisação, uma carta apócrifa com reivindicações dos controladores circulou entre os centros de controles do espaço aéreo. Foi o estopim para as paralisações.

De acordo com a promotora do MPM que cuida do caso, Ione Cruz, o movimento não teve por finalidade melhorar as condições do tráfego aéreo, mas sim obter dividendos somente para os controladores. “Foi um motim. Eles infringiram o Código Penal. Quebraram a hierarquia de forma vil”, afirma. “São responsáveis pela maior crise da aviação civil”, diz. Segundo Roberto Sobral, advogado de 30 dos acusados, sua estratégia será trancar a ação em curso com base na premissa de que a Aeronáutica sabia que haveria uma movimentação atípica. “O Comando poderia ter interferido e evitado toda aquele movimento. O que aconteceu foi a infiltração de agentes de confiança da Aeronáutica para causar tumultos e, depois, responsabilizar esses controladores que agora foram indiciados”, diz. Quanto à paralisação, Sobral afirma que o melhor mesmo foi suspender as decolagens porque o grande contingente de pessoas atrapalharia no controle de tráfego aéreo, que exige concentração.


Em um aspecto, tanto a defesa como a acusação concordam: o processo deverá ser moroso. Isso porque cada um dos 51 indiciados deverá contar com o direito de arrolar cinco testemunhas, o que daria mais de 250 pessoas a ser ouvidas por quem conduz o processo. Independentemente do resultado, as partes ainda podem recorrer ao Superior Tribunal Militar (STM) e, em última instância, ao Supremo Tribunal Federal (STF). A promotora Ione Cruz ainda tenta incluir no processo 38 controladores de tráfego que haviam sido denunciados, mas excluídos pela Justiça Militar por considerar que não havia elementos suficientes contra eles. Em Manaus e em Curitiba também correm processos relativos a controladores que teriam aderido aos comandos supostamente originados em Brasília.

A crise em 2007 provocou discussões quanto ao modelo brasileiro de tráfego aéreo. No período, chegou-se a cogitar a possibilidade de desmilitarizar o serviço. A Casa Civil entrou na discussão. A secretária-executiva, Erenice Guerra, pediu sugestões de controladores aéreos, agora indiciados, para alterar o sistema. Mas depois do apagão aéreo, Erenice não voltou a tratar do assunto com os controladores. Em alguns países europeus e nos Estados Unidos, existem dois sistemas de controle: um dedicado à aviação civil e outro para a defesa aérea. O Comando da Aeronáutica defende o sistema atual. Afirma que países como França e Itália estão aderindo ao modelo integrado, adotado pelo Brasil. A Aeronáutica afirma ainda que o sistema de controle aéreo brasileiro é seguro. “A Organização de Aviação Civil Internacional (Oaci) nos colocou em segundo lugar no mundo com 95% de conformidade em procedimentos operacionais e de segurança, atrás do Canadá com uma diferença de apenas 1%”, diz.

A expectativa é que a crise do “apagão aéreo” e o processo envolvendo os 51 controladores sirva para eliminar gargalos daqui para a frente. A Aeronáutica afirma ter aprendido com o caos. Adota procedimentos de recrutamento, treinamento e aperfeiçoamento de forma mais adequada, além de investir apropriadamente no espaço aéreo brasileiro. Que assim seja e permaneça.

F - NKL :

Pedido de visto para os EUA já pode ser feito pela web :

 
A partir desta segunda-feira, entra em operação no Brasil o formulário eletrônico para pedido de visto para os Estados Unidos. O novo modelo, que precisa ser preenchido pela internet (www.visto-eua.com.br), substitui os formulários de papel, mas não elimina a necessidade de uma entrevista agendada, nem o pagamento das taxas referentes à solicitação.

No final do preenchimento dos dados, o novo programa fornece uma página de confirmação, com um código de barras, que deverá ser apresentada no dia da entrevista. O formulário virtual será obrigatório a partir do dia 05 de abril, tanto para quem tira o visto pela primeira fez quanto para quem quiser renová-lo. 
 
F - NKL :

Steve Jobs recusa loja da Apple no Brasil :

. 

O executivo-chefe da Apple, Steve Jobs, teria recusado um convite do governo do Rio de Janeiro para abrir a primeira loja oficial da Apple no Brasil.

O secretário Washington Fajardo, da Secretaria do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro, teria oferecido espaço na região da Zona Portuária ou em prédio histórico do centro da cidade.

No entanto, Jobs respondeu que "Não podemos nem exportar os nosso produtos com a política maluca de taxação superalta do Brasil. Isso faz com que seja muito pouco atraente investir no país." Ele teria dito ainda que "muitas companhias high-tech se sentem assim também".

A informação consta na coluna "Gente Boa", do jornal "O Globo". A assessoria da Apple no Brasil disse que ainda não pode confirmar a informação.

F - NKL :

No parlamento de Israel, Lula defende estado palestino :

"A paz não pode ser mantida pela força", disse o presidente em discurso.
Lula afirma que é momento de renovação no organismo internacional.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva apontou o caminho da negociação, com um papel mais ativo e renovado das Nações Unidas, como saída para os conflitos no Oriente Médio. "A paz não pode ser mantida pela força", disse o presidente durante discurso nesta segunda-feira (15) no parlamento israelense.


"Defendemos a existência um estado de Israel soberano seguro e pacífico. Ele deverá conviver com um estado palestino igualmente soberano, seguro e pacífico", afirmou Lula.

Durante o discurso, Lula fez referência à iniciativas de negociação que superem os tradicionais caminhos diplomáticos e apelou para a compaixão. "Ninguém pode ficar insensível. Para resolver situações, é necessário construir alternativas racionais e duradouras da paz. Mas não é suficiente colocar apenas a cabeça pra funcionar, é preciso que o coração esteja presente, é fundamental um sentimento de compaixão", afirmou.



"Não podemos continuar desperdiçando esforços multilaterais, sobretudo quando apresentam um extraordinário potencial", disse o presidente, fazendo referência a reuniões entre líderes onde os acordos para uma paz duradoura não avançaram.


Lula citou as Nações Unidas como órgão ativo na criação do estado israelense. Ele questionou se não seria o momento de a mesma organização, agora renovada, assumir um papel atuante na construção da paz.

F - G1 :

Canoa vira em açude de Umirim e deixa pai e dois filhos mortos :

 http://www.ilhadomelonline.com.br/canoas12.jpg

“O Corpo de Bombeiros localizou na madrugada deste domingo, 14, os corpos de um homem e seus dois filhos, que morreram afogados em um acidente de canoa em no açude Caxitoré, em Umirim, município a 109 quilômetros de Fortaleza, ocorrido na última sexta-feira, 12.
Cinco pessoas estavam a bordo da embarcação, que não suportou o peso e virou. As vítimas são Francisco Nataniel Rodrigues da Silva, 24, Francisco Jardel Dias da Silva, de 3 anos e 11 meses, e Francisco de Assis Dias da Silva, de 1 ano e 4 meses.
O canoeiro, Francisco Márcio Sales Brandão, sobreviveu ao acidente e conseguiu salvar a mãe das crianças, Jeane Dias de Sousa, 28 anos. ”

F - NKL :

CHARGE :

sergicabr

Mães denunciam falta de higiene em UTI neonatal de SP :

Devido à falta de higienização, bebês podem ter contraído infecção.
Secretaria da Saúde nega qualquer problema no Hospital do Mandaqui.


Desde 12 de janeiro a rotina da vendedora Ana Carolina Siqueira de Miranda, de 23 anos, é a de passar quase que o dia inteiro em vigília ao lado do filho, Paulo Henrique, que está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal do Hospital do Mandaqui, na Zona Norte de São Paulo. O bebê dela nasceu prematuro, de sete meses, “com pouco peso e problema de respiração”. “Algo normal, por ser prematuro”, resigna-se Ana Carolina.

O drama de verdade de Ana Carolina teve início 48 horas depois do nascimento, quando foi informada pelos médicos que a criança havia pego uma infecção hospitalar. Dez dias após o parto, mesmo internado na UTI neonatal, Paulo Henrique contraiu uma meningite, junto com a infecção. A partir daí o quadro de saúde do bebê só se complicou.


“Ele começou a piorar muito e a cabeça dele começou a inchar. A médica veio e me disse que ele estava com hidrocefalia, devido à meningite. Por causa do inchaço na cabeça, os vasos sanguíneos foram pressionados e houve uma hemorragia. Meu filho vai ficar com sequelas graves devido a isso”, diz Ana. Segundo ela, outras duas crianças estavam com meningite no hospital quando o seu filho pegou a doença. “Mas eram crianças mais resistentes, com nove meses. Já receberam alta”, afirma.

Além da infecção e da meningite, Paulo Henrique também pegou um fungo chamado candidíase. A doença causada por este fungo ataca principalmente a mucosa dos genitais femininos e a boca, mas pode afetar qualquer lugar do corpo. “O médico disse que, no caso dele, o fungo passeia pelo corpo”, conta.

Diante do quadro grave de seu filho, a vendedora começou a perceber uma série de irregularidades no hospital, que acredita terem contribuído para a piora do estado de saúde de Paulo Henrique.

“Percebi que as enfermeiras não davam tanta atenção à higienização antes de entrar na UTI e manipular os bebês. Elas entram sem luvas de proteção e sem avental, o que é estranho por se tratar de uma UTI. E nunca me foi falado que eu teria de usar luva e avental”, diz. O G1 acompanhou Ana Carolina na noite de quinta-feira (11) até a porta da sala que abriga a UTI neonatal e o berçário do hospital e comprovou que ela pode entrar no local sem luvas e avental.

Bactéria
Esta é outra irregularidade do hospital apontada pela vendedora. Segundo ela, a UTI neonatal está ao lado de uma outra sala que abriga o berçário. “As pessoas vêm visitar as crianças que nasceram com saúde e estão no berçário e passam pela UTI neonatal, também sem qualquer tipo de proteção, como avental. Com as obras no hospital, as crianças do berçário foram transferidos de lugar."

Segundo a vendedora, as oito crianças que se encontram na UTI neonatal estão em isolamento porque foram infectadas por uma bactéria muito resistente. “Há duas semanas, vi um senhor da Vigilância Sanitária dizendo que o local não tinha condições de manter as crianças na UTI por causa desta bactéria”, diz.

As denúncias foram confirmadas ao G1 por outra mãe, a auxiliar de doceira Jaqueline Rodrigues Acácio, de 23 anos. O filho dela, Arthur, nasceu prematuro de oito meses, inclusive apresentando falta de oxigênio no cérebro. “Todas as crianças – oito no total – da UTI (neonatal) estão com infecção. Isso foi há uns 20 dias. Os médicos falaram apenas que é uma infecção que dá em berçário”, diz.

O G1 acompanhou Ana Carolina até a porta do berçário do hospital e comprovou que é possível entrar sem luvas e avental no local (Foto: Marcelo Mora/G1)

Segundo ela, não há previsão de alta para o seu filho. “Só me disseram que ele está sendo tratado com antibiótico e que vão prorrogar os medicamentos por mais 21 dias.” Jaqueline também confirmou que as enfermeiras e demais funcionários do hospital não costumam usar luva nem avental com frequência. “Elas mexem em um bebê, depois no outro, tudo sem luva. A única coisa que eu as vi fazendo é lavar as mãos”, afirma Jaqueline.

Enquanto providências não são tomadas, Ana Carolina assiste transtornada ao drama do filho, que precisará passar por cirurgia para a colocação de um dreno na cabeça. Além disso, depende de uma avaliação de um neurologista, o que até agora não ocorreu. “No dia em que ele apresentou uma melhora, o neurologista não estava no hospital. Depois ele voltou a piorar. É muito triste para uma mãe saber que o seu filho não vai poder levar uma vida normal”, finaliza.

Secretaria nega
A Secretaria Estadual de Saúde, por meio de sua assessoria de imprensa, informou ao G1 que apenas o filho de Ana Carolina apresenta quadro infeccioso, que não há um surto de meningite no hospital e que todas as crianças recém-nascidas recebem os cuidados necessários no Hospital do Mandaqui. A assessoria confirmou que há oito crianças na UTI neonatal, cada uma com um problema distinto, no entanto.

Além disso, a secretaria informou que o hospital conta com um berçário apenas para receber bebês que apresentem algum problema de saúde ou algum outro tipo de risco e que permaneceriam lá por pouco tempo. Todos os recém-nascidos seguem direto para o quarto no qual a respectiva mãe estava internada, segundo a secretaria.

A assessoria da secretaria disse também que considera descabida a informação de que as enfermeiras e demais funcionários não estão utilizando luvas e avental para manipular os bebês e negou que técnicos da Vigilância Sanitária tenham ido ao hospital e feito qualquer tipo de solicitação. Além disso, confirmou que o hospital está em obras, mas disse que não conseguiu contato com a diretora da instituição para explicar quais as alas mais afetadas.

Sobre os problemas específicos ocorridos com o filho de Ana Carolina, a secretaria alegou que, por "ter nascido prematuro e depois de 18 horas de bolsa rompida", o bebê apresentava "um quadro de maior risco e que sempre inspira mais cuidados".

F -G1 :

Suspeito de matar Glauco confessou crime em depoimento, diz PF :

Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, 24 anos, teria confessado à Polícia Federal ter matado o cartunista Glauco e o filho Raoni. (Foto: Reprodução/TV Globo)  
 
O estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 24 anos, preso no fim da noite de domingo (14) em Foz do Iguaçu, no Paraná, por suspeita de matar o cartunista Glauco Vilas Boas e seu filho Raoni, confessou o crime em depoimento à Polícia Federal. De acordo com o delegado Josiel Iegas, ele também confessou sua intenção de fugir para o Paraguai. O estudante foi preso quando tentava atravessar a Ponte da Amizade, fronteira entre o Brasil e o Paraná.

“Ele deu alguns detalhes do crime e confessou ter sido responsável por matar o cartunista Glauco e confessou sua intenção em fugir para o Paraguai”, explicou o delegado. Segundo ele, o jovem admitiu que a arma encontrada com ele foi a usada no crime.

A transferência de Carlos Eduardo, também conhecido como Cadu, não deve ser imediata. “Ele vai responder por tentativa de homicídio aqui, e permanece há disposição da Justiça Federal. Aguardamos uma decisão judicial para saber se ele fica no Paraná ou será transferido para São Paulo”, explicou o delegado. 
 
F - NKL :

Lula defende mais países nas negociações de paz, em Israel :

 
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciou nesta segunda-feira (15), em Jerusalém, sua visita oficial de dois dias a Israel defendendo o envolvimento de mais países nas negociações de paz no Oriente Médio. Além de Israel, Lula visitará os territórios administrados pela Autoridade Palestina.

“Se (a paz na região) fosse uma tarefa fácil, já teríamos conquistado. Por ser uma tarefa difícil é importante que se ouça mais gente, que se envolva mais gente e que se converse um pouco mais”, disse Lula, em discurso no jardim da residência oficial do presidente israelense.

Diante do presidente Shimon Peres, Lula disse que “a arte da política é a arte de vencer as tarefas que parecem impossíveis”. Com um discurso eloquente, o presidente Lula afirmou que “não existe uma única palavra ou um único gesto que justifiquem a guerra, mas milhões de palavras e milhões de gestos que justificam a paz”. 
 
F - NKL :

Universidade Sem Fronteiras oferecerá cursos noturnos a partir de abril :

uf

A Universidade sem Fronteiras, que atua há 22 anos em Fortaleza, vai oferecer também cursos noturnos, a partir de abril próximo. Para anunciar a novidade, a Instituição promoverá nesta segunda-feira, a partir das 19h30min, em sua sede, uma palestra com o professor Carlos Tursi, doutor em Filosofia e Teologia. Ele abordará o tema ”O Pensamento e o comportamento do homem contemporâneo”.
Atualmente, segundo a diretora Zilma Cavalcante, a universidade oferece 34 cursos para a Terceira Idade, devendo oferecer à noite mais 12 cursos destinados a adultos. Entre esses cursos estão: Judaismo, Cristianismo e Islamismo, Tesouros da Literatura, Filosofia da Arte, Ética e Estética e Introdução à Filosfia, bem como Atualidades do Mundo Contemporâneo, Inglês, informática e História do Cinema.
SERVIÇO
Universidade Sem fronteiras – Rua Nunes Valente, 919 – Aldeota
Telefone – (85) 3224 0909
VEJAMOS – A vida não é só trabalho. Temos que colocar espaços de prazer alegria no nosso cotidiano.

F - NKL :

Caso Titanzinho – Comissão de vereadores e deputados visita estaleiro pernambucano :

nelson

Uma comissão formada por três deputados estaduais e três vereadores – entre eles o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PT) e o líder do Governo na Assembleia, deputado Nelson Martins (PT), viajou, nesta manha de segunda-feira, para Pernambuco. O grupo visitará o estaleiro Atlântico Sul, que pertence à empresa Promar, que quer construir um estaleiro na praia do Titanzinho, em Fortaleza.
salmito

Segundo o presidente a Câmara Municipal, Salmito Filho, o objetivo ali é reunir informações que embasem as discussões sobre a instalação do equipamento na praia do Titanzinho. Com Salmito, seguiram os vereadores Plácido Filho (PDT) e Pastor Dutra (PSDB), enquanto Nelson Martins levou os deputados Ely Aguiar (PSDC) e Tomás Holanda (PMN). O deputado Heitor Ferrer cancelou viagem, alegando problemas de saúde. Pedro Fertnandes, morador do Serviluz, onde fica a praia do Titanziho, seguiu com o grupo. A comitiva só retorna na  noite desta segunda-feira.
A  visita faz parte de uma estratégia dos defensores do estaleiro na praia do Titanzinho que tentam resolver a polêm ica criada em torndo empreendimento. O governador Cid Gomes é a favor do projeto no Titanzinho, enquato a prefeita Luizianne Lins (PT) é contra afirmando ter projeto de requalificação para essa banda de Fortaleza.
VEJAMOS – Tudo bem, mas será que dá mesmo para fazer comparações entre esses empreendimentos? O de Pernambuco é na zona rural; o previsto para Fortaleza é no litoral. Sei não, mas acho que esse tipo de viagem só terá algo de concreto: despesa.

F - NKL :

Ciro: PT em São Paulo é um “desatre” :

cirogomess

“O deputado federal e ex-ministro Ciro Gomes (PSB), 52, é popular no Rio de Janeiro. Num táxi, discute com o motorista a filiação de Romário ao PSB e escuta, atento, a recomendação de lançar Zico, “que nem precisaria de campanha”. Com uma truculência à mídia arrefecida -ou dominada depois de disputar duas campanhas à Presidência -, um Ciro “mais sereno”, como ele se classifica, falou à Folha sobre a sucessão presidencial e no governo de São Paulo.
Ele admite que sua candidatura em São Paulo seria artificial e volta a dizer que será candidato à Presidência da República. Ao final da entrevista, com o gravador já desligado, Ciro confessa que, se não disputar a eleição de outubro para presidente ou para o governo de SP, deixará a política.
FOLHA – O sr. afirmou na semana passada que São Paulo não precisa do sr. São Paulo precisa de quem?
CIRO GOMES – Fulanizar a política é algo ridículo no Brasil. São Paulo precisa de um projeto porque a eficiência medíocre do PSDB deu o que tinha que dar. Os indicadores de violência estão crescendo, o transporte está colapsando, a educação é uma das piores do país. Agora, como o PT é um desastre, lá em São Paulo especialmente, eles têm essa eficiência medíocre posta em relevo.
FOLHA – Por que o sr. considera o PT um desastre em São Paulo?
CIRO – Por tudo o que aconteceu. Estou falando do desastre de confiabilidade, de confiança da população a ponto de o próprio PT, na minha opinião corretamente, pretender lançar um candidato jovem lá, para fazer nome. Os principais quadros do partido [o PT], justa ou injustamente, entraram num problema. Não é brincadeira não, rapaz. José Dirceu, Genoino, Mercadante, Marta, João Paulo. Não é brinquedo não.
FOLHA – O PT pretendia lançar o sr. no Estado.
CIRO – Eu fico muito honrado, distinguido com isso, mas veja bem, não é tão artificial essa solução, não?
FOLHA – Então se o sr. for candidato ao governo de São Paulo será uma solução artificial?
CIRO – A minha candidatura naturalmente é artificial. Agora, o que eu poderia fazer -e tinha que ser sincero e franco com a população de São Paulo- era dizer: “Eu não faço rotina aqui, mas acumulei uma experiência de grande sucesso na administração pública, e essa experiência eu me disponho a colocar a serviço de São Paulo”. Não é minha pretensão. Todo mundo sabe e eu repito que minha intenção é ser candidato à Presidência.
FOLHA – O sr. trabalha por alianças do Paulo Skaf com o PT, por exemplo? O sr. vê possibilidade de uma chapa Aloizio Mercadante e Skaf?
CIRO – Eu não veto, não atrapalho, não opino contra, mas acho que a melhor opção é o PT ter o seu candidato e nós, o nosso.
FOLHA – O sr. diz que é o único a ter liberdade para fazer críticas ao governo do presidente Lula. O debate sobre o papel do Estado, com viés antiprivatização, é equivocado?
CIRO – Não, a questão não é que esteja equivocado. Embora o Serra tenha sido capaz de quebrar patentes no Ministério da Saúde na questão do coquetel antiaids, ele chega em São Paulo e privatiza a conta da prefeitura, hospeda num banco privado. E, em seguida, bota a Nossa Caixa para vender, um dos últimos ativos que São Paulo tem. Em relação à Dilma eu tenho a vivência que ela não tem.
FOLHA – Mas qual é sua posição sobre privatização e papel do Estado?
CIRO – Isso tudo é baboseira ideológica. No mundo inteiro a experiência empírica demonstra que o Estado não é máximo, nem mínimo, nem grande, nem pequeno. É o necessário. É a lei do menor esforço. Quem faz melhor, mais rápido e mais barato é quem vai fazer. Às vezes é Estado regulador, às vezes tem que ser empresário. A economia moderna é mista, mas a responsabilidade pela dinâmica estratégica de um país é do Estado.
FOLHA – O sr. sempre menciona eventuais problemas de governabilidade do futuro presidente, dado que ninguém terá o capital político e a popularidade de Lula, que faz com que ele transite bem no Congresso.
CIRO – Mais que transitar. Ele suporta, sem perder legitimidade. O que é um fenômeno absolutamente raro. Se a coalizão for essa, com o protagonismo desta banda do PMDB que manda no país [haverá crise de governabilidade]. O DEM é muito melhor que o PMDB neste instante. Uma questão é um escândalo, no qual todos nós estamos vulneráveis a ter um companheiro que vai entrar numa dessa. Todos nós. Isso é da política. O problema é que o PMDB, não o coletivo, mas a banda hegemônica, faz desta linguagem o seu instrumento central de luta.
FOLHA – E como se governa o Brasil com a atual condição de representatividade e o atual sistema político?
CIRO – É uma ilusão de ótica que a prostração moral do PT está passando para o país. O problema da situação política da Dilma é que ela fica com a boca travada. Ela não pode falar isso para ninguém. Como o Serra também não pode. Eu posso. Imagino governar o Brasil assim: eu encerraria a violenta, paroquial e provinciana radicalização que opõe PSDB e PT. Convocarei um entendimento nacional entre os dois partidos. Essa é a saída para o país avançar e diminuir a importância de setores clientelistas, fisiológicos, atrasados, corruptos.
FOLHA – Fazendo uma revisão da história de 2002, o mercado ainda teme sua candidatura?
CIRO – Teme, mas é injusto. Eu não sou uma invenção. Eu já fui ministro da Fazenda. Eu fui muito bom para a economia pelos resultados. O país cresceu 5,3%, tivemos superavit primário de 5% do PIB, inflação zero. Agora, tive algumas questões. Fiz a intervenção do Banespa e do Banerj. Fiz a abertura comercial que dissolveu vários cartéis. Tudo bem, a vida é dura. Eu não vou vender a minha alma para ser presidente.
FOLHA – O sr. já sofreu uma oscilação fortíssima nas pesquisas em 2002. Todos os políticos não estão sujeitos a isso?
CIRO – Sim, isso eu acho. Acho que a Dilma cometerá um erro, porque nenhum de nós escapou. O Lula cometeu, eu cometi, o Serra, o Alckmin cometeu. Ela cometerá. Tomara que não. E vai oscilar. Ela é um pouco mais vulnerável, claro. Porque na medida em que você erra, você aprende. O Lula aprendeu para caramba. Eu aprendi muito. O Serra erra menos porque é protegido pela grande mídia.

F - Folha :